domingo, 13 de dezembro de 2009

ESCRITO NO ANO DE 1931


Recebi do amigo Àlvaro em email e considerei importante e pertinente uma pulverização de palavras tão lúcidas!


"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade.

Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber.

O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém, assim:

Quando metade da população entende que a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la e quando essa outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.


É impossível multiplicar riqueza dividindo-a."


Adrian Rogers, 1931


3 comentários:

Zilda Santiago disse...

Muito bom.Parabéns pela postagem.Bjsssss.

007BONDeblog disse...

Dulceny

Boa noite

Discordo da visão apresentada no post, mas, respeitando e deixando o debate para outra oportunidade.

Por agora, deixo o meu abraço fraterno, com os votos de um Feliz Natal e Próspero ano de 2010.

Muita paz

Mariano P. Sousa disse...

Uma escolha feliz!
Um pos que em poucos parágrafos diz muito!
Parabéns Dulceny!